terça-feira, maio 10, 2005

Aos Poucos




Morri na praia para aí me reencontrar. Busquei os segredos e sonhos que confiei às ondas. Revoltas nada me devolveram, nem os sonhos, nem nada.
O tempo faz de mim delinquente, assaltante de pequenas esperanças. Mudas, coitadas, naufragaram no oceano.
Morro na praia para aí reencarnar-me na imbecilidade humana. Obtusa existência.

Aos poucos... sou eu outra vez...

5 Comments:

Anonymous Roberto said...

Ainda bem ke voltastes, moira. Fazia em mim mta saudade a beleza dos textos teus.

10:22 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Bom, espero que nunca tenhas deixado realmente de seres tu mesma...És uma gata linda e continuas a escrever maravilhosamente...

Chuac Mafalditazitazinha

11:44 da manhã  
Blogger As Meninas said...

aos poucos sou eu outra vez ;)

CI

7:39 da tarde  
Blogger Ana [Lua] said...

adoro as imagens

11:18 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Enjoyed a lot!
»

2:29 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home